sexta-feira, 7 de junho de 2019

SALVOS PRA SERVIR - Pb. Valdo Brito



A noite vai adiantada, o grande dia está próximo, temos que nos despir das obras das trevas e nos revestir das armas da luz. Não tens ouvido o palpitar e o gemer de um mundo perdido e o grito dos famintos a sede dos corações sedentos? Não vos lembrais da oportunidade que Deus vos deu para um proposito?  
Temos aprendido que se Cristo é a porta nós somos os porteiros para abri-la ou fecha-la. Se Cristo é a Luz, nós somos portadores desta luz, nós temos que viver como astros para dissipar as densas trevas. Se Cristo é a videira nós somos os galhos que recebem a seiva da videira a fim de dar frutos. Se Cristo é o pão da vida, nós temos por obrigação distribuí-lo aos famintos. 
Oh! Gloriosa verdade sermos nós uma parte do plano e programa divinos criados para ornar o reino celeste a fim de proclamar: venha o Teu reino e seja feita a Tua vontade. Cada dia que surge é mais uma oportunidade para nos rendermos ao serviço a nós entregue. Quando nos esquivamos de preencher o lugar que nos é dado a falta um elo, haverá um vazio em cada plano de Deus. Um mundo perdido clama por Deus, e Deus responde enviando homens e não anjos para apontar o caminho do Calvário. 
Jovem! Alimenta as tuas visões, alimenta os teus ideais, alimenta a música que existem em seu coração, alimenta a simpatia e a amabilidade que te reveste e Deus te dará muita, muita, muitíssima felicidade. 
Homens e mulheres, não gastem suas vidas na contínua imaturidade, pois já deveriam ser mestres. 
Pb. Valdo Brito 

sexta-feira, 31 de maio de 2019

VEM E VÊ... - Pb. Valdo Brito



Jesus disse a Felipe: “Vem e vê”! E nesta hora Ele está dizendo a você também: Vem e vê o amor onde houve ódio, vem e vê a esperança onde houve desespero; alegria onde houve tristeza. Vem e vê o fardo transformando-se em vale de visão. Vem e vê a Cristo no rosicler da manhã, nos raios de ouro do meio dia, na paz do silêncio das horas crepusculares. Vem e vê a paz no lar onde Cristo habita, amor no coração onde ele mora. Cristo nos chamou para a vida transbordante embora sem ter ouro ou prata ninguém será tão pobre que não possa dizer: “venham ao Salvador e vivereis certos de que tudo que na sua vida tem sido dissonante entrará em harmonia”. Saiba transmitir que a vida inquieta, tristonha, acabrunhada não pode ser digna do cristão. Procure uma hora silenciosa, um lugar de quietude quando em oração suas forças se renovarão e receberás paz inigualável. É no silencio da oração que a escolha será ideal, sua alma sentirá como quem sai das trevas para a luz, sentirá a fé para vencer as lutas, forças para enfrentar face a face o dissabor e amor pelo próximo.
A hora silenciosa da oração não é apenas um mero auxilio para a melhoria de vida, mas é uma real preparação para viver.
Pergunte sempre a si mesmo: pode o mundo ver Cristo em mim? Estarei eu espalhando ao derredor a fragrância que dulcifica a vida dos que estão ao meu lado? Quer queira ou não o mundo está olhando para você.
Pode o mundo ver Cristo em ti?

quinta-feira, 4 de abril de 2019

Hoje ouvimos muito falar em líderes religiosos, manipulação das massas, e realmente penso que deve ser uma preocupação de todos os Líderes de boa índole, que Graças a Deus são a maioria, mas a preocupação sim é legítima e deve ser discutida sem “tabus” pois todos nós que somos de alguma forma líderes, sabemos do nosso poder de influência e temos sim que nos preocupar com essa realidade.
Estamos vivenciando a maior perseguição moral e intelectual da história, tudo o que acontece conosco de ruim, um “mal passo” que damos, um “erro” que seria aceitável para qualquer ser humano normal, para nós é motivo de execração pública. Temos nós mesmo que nos afastarmos e ou tratar daqueles que sabemos ser os manipuladores da fé humano e se possível, não conviver com eles, até que os mesmos reconheçam este comportamento e queiram mudar.  Não compactua como os falsos profetas, faz parte do caminhar inteligente e moral com Deus e por sermos seres afetivos estamos somos presas fáceis.
Temos que estar atentos porque a religião está intimamente ligada à necessidade emocional, a dificuldades de lidarmos com dores sentimentais, às frustrações, tristezas; ligada a crenças que temos, e, dependendo da situação emocional em que nos encontrarmos, podemos nos envolver com seitas e heresias e, através da sugestão e de fenômenos psicológicos, podem esses conceitos errôneos ser incutidos em nossas mentes, criando raízes difíceis de serem removidas.
Hoje é possível ver a sociedade, envolvida em seitas religiosas que usam a sexualidade com rituais que garantem a cura de todos os males. Outras usando drogas para buscar contato com Deus, e seres que julgam superiores, algumas sacrificam animais, outras o próprio corpo em flagelos, e ainda temos os que sacrificam o financeiro. Na verdade, são todos iguais, oportunistas que usam meios hediondos de usar as pessoas deixando-as frágeis emocionalmente para obterem vantagem seja financeira, poder ou mesmo sexual.
Somos, na realidade, produto da nossa história emocional-psicológica e espiritual de sempre, e estar envolvidos com esses tipos de “seitas” pode causar danos psicológicos emocionais irreversível.
Infelizmente não podemos mais nos iludir e acreditar que só porque se dizem “servos de Deus” ou enviados de Deus, ou que praticam uma religião que proporciona a paz mundial ou dizem nas falas e discursos que seguem o exemplo de Cristo possuem bom caráter” acima de qualquer suspeita.
Seria o certo, mas, não é o que tem acontecido, e para não piorar a situação, temos que abrir nossos olhos e nos darmos conta da existência de manipuladores da fé humana – os sofistas – que vivem assentados em pretensos e arrogantes conhecimentos religiosos para ditarem o que é certo ou errado, muitas vezes, diante de uma massa “ignorante” (no sentido de falta de conhecimento bíblico), que só os busca para consolação e apoio espiritual.
Deus, em Sua infinita grandeza e inteligência, nos ensina, nos dá ordens expressas para tomarmos cuidados com esse tipo de gente, hipócritas, falsos profetas, anticristo, e nos ensina a corrermos atrás de conhecimento, quando diz que o povo sofre por falta de conhecimento: “O meu povo foi destruído, porque lhe faltou o conhecimento; porque tu rejeitaste o conhecimento, também eu te rejeitarei, para que não sejas sacerdote diante de mim; e, visto que te esqueceste da lei do teu Deus, também eu me esquecerei de teus filhos”. Oseias 4.6.
A sede por saber do ser humano, de um modo geral, ainda não o lança às suas buscas próprias e sim àqueles indivíduos que, em marketing pessoal, ditado pela vaidade, se auto intitulam condutores legítimos deste ou daquele saber, ou melhor, do poder de Deus.
Muitas vezes não procuramos conhecer a Palavra de Deus e sim a conhecemos apenas pela informação de terceiros, não sabemos o que Deus, na verdade, diz, nos ensina, e sim o que terceiros dizem que Deus diz. Por isso que frequentemente somos manipulados, porque não buscamos avaliar o que é realmente a vontade de Deus através de Sua Palavra, a Bíblia Sagrada.
Como psicóloga e mulher de Deus, minha preocupação é o conhecimento que tenho do comportamento humano, sei da facilidade com que temos sido controlados por situações e pessoas que usam a Bíblia como forma de manipulação das massas, e isso é assustador. Nosso desejo de servir a Deus, de sair de nossa antiga vida que nos machucou, nos fez sofrer, para uma outra vida, com um Deus maravilhoso que nos resgatou e nos faz viver com amor e abundância, nos torna, sim, presas fáceis para esses manipuladores, que chamo de PSICOPATAS DA FÉ.
Líder religioso tem um grande poder nas mãos, a Palavra de Deus, que pode sim ser uma perigosa arma de domínio se não for ministrada, usada por um homem íntegro, de princípios definidos totalmente pelo amor, caridade e respeito ao ser humano. Ser conhecedor e praticante da Palavra de Deus e ser desprovido infinitamente de EGO, caso contrário, ele manipulará a Palavra de Deus, e colocará um jugo sobre nossos ombros que ficará muito difícil de carregar.
As Vítimas desses manipuladores muitas vezes desistem de ser feliz, de viver, por acharem que não são merecedores da Graça de Deus, por não conseguirem um milagre, ou cumprir um voto, ou por não conseguirem prosperar financeiramente; se a bênção não chega é porque estamos em pecado. Isso é uma manipulação negativa, que se torna uma autossugestão negativa, causando inclusive problemas psicológicos como depressão, por exemplo, induzindo a pessoas até ao suicídio. Já recebi para aconselhamento Mulheres e homens, praticantes de seitas, que os obrigava a fazer “trabalhos” em cemitério, fazendo coisas inusitadas, e isso causou pânico, e Transtorno de ansiedade.
Muitos religiosos desconhecem, ou melhor, não se dão conta, e alguns até não se importam, com o quanto têm destruído a esperança de muitas pessoas com essa maneira mirabolante como pregam o evangelho, adicionando modismos que não são bíblicos, apenas manipulação de textos e versículos. Nós, profissionais da área médica e principalmente da psicológica, temos recebido em nossos consultórios pessoas machucadas, frustradas, com baixa autoestima, depressão, em decorrência da irresponsabilidade de profissionais da fé, manipuladores, que mais querem promoção pessoal, realização de seus desejos narcisistas do que ensinar a Palavra de Deus, discipular com amor suas ovelhas, como a Bíblia os ensina.
Psicopatas da fé são mestres da retórica, ensinando aos homens ávidos de liberação e poder a maneira de consegui-los. São os semeadores de ilusão, ainda que os seus discursos estejam cheios em uma grande e aparente lógica, podem não passar de versículos bíblicos usados de forma apenas motivacionais induzindo a sugestão psicológica, com intuito de conquistar o que desejam: fama, glória terrena, dinheiro, a busca da vantagem pessoal.
O objetivo dos manipuladores da fé não está na ação ética e ascética, no domínio de si mesmo, na justiça para com os outros, mas no engrandecimento ilimitado da própria personalidade, no prazer e no domínio violento dos homens, inclusive da sua própria consciência”, e isso é assustador.
Devemos estar sempre atentos para com os que se julgam sempre sabedores de tudo, onde a sua “missão” é a proteção destes ou daqueles valores, de saber ou de moral, pois aí, sem dúvida alguma, estará um tirano do comportamento alheio, do livre-arbítrio, do pensar humano. Esses normalmente nos induzem a sentimentos que vemos nas lutas extremistas, por exemplo, por posições, ideias caprichos e vaidades, onde prevalecerá o vale-tudo para a manutenção da “verdade” desses doentes da alma.
Caso você queira saber se o seu líder religioso é, de fato, um homem de bem ou um oportunista, ou um psicopata da fé, consulte 1 Coríntios 13, – um capítulo da Bíblia Sagrada que fala sobre o amor verdadeiro –, e é assim que seu líder deve ser, pensar e agir, com base nesse texto; se a vida dele se baseia nesses princípios do verdadeiro amor, descritos nesse capítulo, então pode sem medo se deixar influenciar por ele, pois é uma boa influência
Mas, fique atento, o seu falar tem que ser coerente com seu andar. Quero dizer que o que ele fala tem que ser vivido na prática. Isso é ética cristã, cumprimento da Palavra.  Se digo que tudo o que faço é por amor, o meu comportamento, a minha vida tem que ter essa comprovação, esses frutos (‘Por seus frutos os conhecereis. Porventura colhem-se uvas dos espinheiros, ou figos dos abrolhos? ’ Mateus 7.16).

sexta-feira, 29 de março de 2019

Nós nos conhecemos? Paulo Cilas



Hb.4.14-16: "Agora, que já sabemos o que temos - Jesus, esse grande Sacerdote Principal com acesso imediato a Deus - não podemos perdê-lo jamais. Não temos um sacerdote que não conhece nossa realidade. Ele experimentou fraqueza e provações  e experimentou tudo,menos o pecado. Portanto, vamos andar direito e receber o que ele tem para nos dar. Recebam a misericórdia, aceitem ajuda". VERSÃO "A Mensagem".


Jesus nos conhece, mas nós nos conhecemos? Tenho uma filosofia barata em afirmo: Pior que perder uma agulha é não saber onde ela está! Uma agulha ( costura) custa bem pouquinho. Portanto, perdê-la não é problema. Agora, não saber onde ela está  é um enorme  problema. Você não senta em paz. Deitar então nem pensar, não é mesmo?
Assim também sofremos mais do que deveríamos e causamos mais danos  a nós e aos outros por não nos conhecermos. 
No livro " O pior homem de Hitler" está relatada a história de um sujeito que, não se aceitando em suas deficiências para ser um soldado, aproveitou o emprego numa fábrica para transformá-la no primeiro campo de extermínio de judeus, que serviria depois de modelo para os demais campos. Ou seja, toda raiva e frustração consigo mesmo ele alocou para a bajulação de superiores e maus tratos aos subalternos, reservando aos inimigos a frieza da execução em massa.
Jesus nos aceitou em nossas fraquezas, mas nós nos aceitamos?
Desenvolvemos síndromes:


                                   Do cachorro atrás do carro- Perseguimos algo e quando alcançamos não sabemos o que fazer. Eternos insatisfeitos.
      
                                   Do carro velho - Sempre com problema, sempre sendo empurrado.

                                   Das campinas mais verdes - Ló foi parar em Sodoma, vizinha de Gomorra. Só cobiça travestida de "qualidade de vida".

A nossa grande libertação se dá primeiro não pela busca da perfeição e, sim, pela aceitação de nossas fraquezas.

Pior do que ter um problema é não saber o que o originou. E nós... muitas vezes não queremos saber.

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2019

PARADOXOS


Quando tenho meus surtos de sinceridade, reconheço que sou um amontoado de paradoxos. Creio e duvido, encho-me de esperanças e fico desalentado, amo e odeio, fico mal quando devo me sentir bem, sinto-me culpado por não me sentir culpado. Confio e desconfio. Ajo com transparência e ainda assim embarco em dissimulações. Aristóteles afirmou que eu sou um animal racional; eu diria que sou um anjo com a incrível capacidade de armazenar vícios.
Viver pela graça implica reconhecer toda a historia da minha vida. O lado iluminado junto com o lado obscuro. Ao admitir meu lado sombrio, aprendo sobre quem sou e sobre o que significa a graça de Deus. Como dizia Thomas Merton: “Santo não é aquele que é bom, mas o que experimenta a bondade de Deus”.

       

Em favor deles eu me santifico,
Para que também eles sejam
Santificados pela verdade.
João 17.19

quinta-feira, 7 de fevereiro de 2019

FILHOS PARA O MUNDO - Paulo Cilas


Há muito tempo li uma contra- pergunta de uma frase muito conhecida: “Que mundo deixaremos para os nossos filhos?”. Tal frase era relacionada à preocupação com a Ecologia.  A contra-pergunta sugerida então foi: “Que filhos deixaremos para o mundo?”.  Grande questão essa, já que os filhos  tornam- se cada vez mais consumistas, egoístas, hedonistas de tal maneira que não adianta se preocupar ecologicamente com o mundo, pois  ele continuará sofrendo nas mãos de quem o sujeita. Nós e, depois de nós, nossos filhos Rm. 8: 19-22
Precisamos cuidar e orientar melhor nossos filhos. Gustavo Ioschpe escrevendo na revista VEJA questiona se devemos ensinar a nossos filhos a ética pois, segundo ele falando ironicamente, se assim o fizermos deixaremos nossos rebentos em desvantagem diante dos “espertos” filhos dos outros.
Quem está disposto a preparar filhos melhores colocando-os em aparente desvantagem?  Eis uma  história ilustrativa: Um pai, trabalhando em seu escritório, era insistentemente incomodado pelo seu filho pequeno  que fazia de tudo pra chamar sua atenção. O pai, já irritado com a situação porque não conseguia terminar seu “importante” trabalho, viu uma maneira de ludibriar o menino; achou um mapa mundi com seus muitos países, recortou-o como um quebra cabeça e deu para o menino montar. Obviamente ele julgou que a criança demoraria e dificilmente conseguiria montar aqueles muitos países. Pronto! Ele solucionou seu problema!  Mas, surpreendentemente, em minutos o menino voltou com tudo colado, montado perfeitamente.  “Como você fez isto”, pergunta o pai? O menino simplesmente responde:  “ É porque na parte de trás dos países tinha a figura de um homem, eu consertei o homem e o mundo ficou inteiro”. Perfeita ilustração!  Conserta-se o homem  e os filhos serão melhores
Um mundo melhor passa por pessoas melhores.
Uma igreja melhor passa por pessoas melhores.
Um lar melhor passa por pessoas melhores.
A natureza geme porque espera que pessoas melhores assumam o seu controle. Tais pessoas são os Filhos de Deus. E você? É um deles? E seus filhos?

PS. Se você é um pai ou uma mãe que quer melhorar, não desista se seu filho estiver em caminhos errados. Você poderá ser, é e ainda será uma referência para ele. Então, a despeito de qualquer coisa, melhore-se.
Paulo Cilas

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2019

FAST FOOD - PAULO CILAS

Antigamente as lanchonetes tinham como objetivo principal atender as pessoas que sem tempo para uma boa alimentação "enganassem o estômago". Era o tempo em que a coxinha de galinha vinha com o osso da própria como suporte; Era o tempo também em que vinha mais galinha e menos massa. Pois bem, o tempo passou e o que deveria ser um "quebra galho" tornou-se cada vez mais efetivo, ou seja , mesmo tendo tempo para almoçar ou jantar, muitos continuam a preferir o que se passou a chamar fast food - comida rápida; que embora dito rápida teve tempo para novas criações e logo foram popularizados os "burguers", as pizzas, shakes e outros. E todos eles com cheiros estonteantes, aparências soberbas e paladares arrebatadores. Resistir, quem há de?  Mas, vieram as consequências de uma alimentação desequilibrada . Obesidade, colesterol alto e outros efeitos igualmente perniciosos.Lamentavelmente, a mesma sanha por soluções rápidas ou por coisas que agradem nosso olfato, visão e paladar "espirituais" nos levou para longe de hábitos realmente salutares para nossa vida espiritual. Verdadeiramente os demônios expulsos nos alegram mais que o nosso nome escrito no livro da vida. As "campanhas" tornaram-se mais fundamentais do que o aprendizado contínuo da Palavra de Deus. Os pregadores de uma nova receita (visão ou unção) ficaram imprescindíveis nas cozinhas eclesiásticas. O resultado? "Crentes" pesados demais, às vezes com muita energia, mas pouco nutriente. Muita comida, mas pouco alimento. Totalmente em desequilíbrio!]
Sei que pizza ,"burgues" têm seus encantos, são até legais em algum momento. Entretanto, essencial mesmo é o cardápio do Senhor. Sempre balanceado e que jamais cede à nossa gula e preferências.

SALVOS PRA SERVIR - Pb. Valdo Brito

A noite vai adiantada, o grande dia está próximo, temos que nos despir das obras das trevas e nos revestir das armas da luz. Não...